Dicas para as unhas

Dicas para as unhas
 

1. Cuide da alimentação - A carência de vitaminas rapidamente se reflete na saúde das unhas. Em dietas rigorosas, elas são as primeiras a sofrer com os impactos da alimentação pouco nutritiva. Invista em um cardápio rico em: cálcio, ferro e vitaminas A, C e do complexo B.

2. Use luvas  - O contato frequente com água e produtos de limpeza não é responsável apenas por descascar seu esmalte. Ele é um dos  principais causadores de unhas fracas e quebradiças. Sendo assim, para manter as unhas fortes, use luvas de borracha ao realizar as tarefas domésticas.  

3. Não dispense a base - Aplicar uma camada de base antes de esmaltar é um cuidado simples que ajuda a manter as unhas saudáveis. Essa camada protetora impede que as unhas desidratem, criando ainda uma película resistente à quebra. Mas não se engane com toda base que promete fortalecer as unhas. Os bons produtos devem conter vitaminas E e B5, componentes importantes para o crescimento das unhas. Segundo a dermatologista Mariane Godoy, unhas muito ressecadas e quebradiças podem ser tratadas com bases que levem formaldeído em sua composição. Ele ajuda a fortalecer a unha e possibilita o crescimento saudável.

4. Mantenha as unhas curtas - Quanto mais longas as unhas, maior a chance de quebra. “Ainda que a pessoa cuide bem das unhas e se alimente bem, o tamanho intere na chances de a unha enroscar em algo e acabar dobrando. O melhor é mantê-las aparadas”, recomenda a dermatologista.

5. Hidrate as unhas - Assim como qualquer outra parte do corpo, as unhas também precisam ser hidratadas para se manterem fortes e saudáveis. A dermatologista recomenda usar cremes a base de ureia ou óleos de amêndoas entre as esmaltações. “O melhor é remover o esmalte um dia antes de pintar novamente. Neste dia de descanso as unhas devem ser polidas e hidratadas”, afirma.  

6. Pegue leve na cutícula - A cutícula serve para proteger a unha. Retirá-la totalmente, com profundidade, cria um espaço propício para a proliferação de fungos e bactérias. O ideal é empurrar a cutícula e retirar apenas o excedente.

Fonte: mdemulher